Atualmente, contamos com diversos estudos que mostram como a meditação ajuda a parar de fumar. Em conjunto a um tratamento personalizado para cada paciente, meditar faz que o cigarro deixe de ser um problema na vida das pessoas.

Embora o número de fumantes tenha caído muito desde que as campanhas de conscientização ficaram fortes e as propagandas proibidas, o tabagismo continua como uma das principais causas de morte evitáveis.

Dados do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) mostram que 9,3% dos brasileiros ainda têm o hábito de fumar. Em 2014, foram gastos mais de R$ 40 milhões na distribuição de remédios contra o tabagismo.

Se você também deseja parar de fumar e quer saber como a meditação pode te ajudar, siga até o final dessa leitura.

Mudança de hábito

A meditação é uma poderosa ferramenta para mudança de hábitos. Por isso, é tão eficaz quando aliada a um tratamento para livrar-se do cigarro.

Fumar passa a ser um hábito. Além da dependência química, o fumante também desenvolve a dependência física e emocional. O cigarro passa a ser um companheiro de uma xícara de café, de um copo de cerveja, daquela pausa depois do almoço, entre outros momentos.

Durante a meditação, o paciente começa a exercitar seu próprio auto-controle. Isso ajuda o fumante a resistir principalmente nos momentos mais difíceis de abstinência.

O que dizem os estudos?

A vontade de parar de fumar é importante. Mas, sozinha, é insuficiente para quem deseja eliminar o vício. É o que conclui uma revisão de estudos publicados na revista “Trends in Cognitive Sciences”. Acrescenta, ainda, que os exercícios de auto-controle como a meditação são fundamentais para quem deseja largar o cigarro.

Uma pesquisa com 60 universitários das universidades do Texas e de Oregon também evidenciou a prática meditativa na luta contra o tabagismo.

Ao todo, 27 alunos fumantes e 33 não fumantes foram divididos em dois grupos: metade recebeu treinamentos de meditação e, outra metade, de relaxamento.

Foram 5 horas de sessões divididas em 30 minutos, ao longo de 2 semanas. Antes e depois de passar pelo experimento, os participantes passaram por exames de cérebro, preencheram questionários sobre os seus hábitos e verificada a quantidade de dióxido de carbono em seus pulmões.

Os estudantes que fumaram não estavam envolvidos em processo de reduzir ou parar de fumar. Mesmo assim, o controle do estresse através da meditação proporcionou a redução do número de cigarros consumidos ao longo dos dias.

Além disso, a concentração de dióxido de carbono nos pulmões dos participantes reduziu em 60%.

Isso significa que vale a pena incluir a meditação como terapia não-convencional no tratamento antitabagismo. Afinal, torna a etapa da mudança de hábitos mais leve e aumenta as chances de sucesso.

Quer aprender a meditar em 21 dias?

Para ajudar todos que desejam fazer da meditação um hábito de vida, criei o Programa 21 Dias de Meditação. Em meu site, disponibilizo os três primeiros dias de degustação e o programa completo está disponível mediante uma troca simbólica.

Acesse agora: Programa 21 Dias de Meditação

Este pode ser o caminho que ajuda você a se livrar de hábitos que não servem mais para sua vida, inclusive do tabagismo. Quando você muda o foco da sua vida, tudo muda.

Eu espero ter ajudado você a entender como a meditação ajuda a parar de fumar.

Até a próxima!

Ebook Gratuito

Meditação e Autoconhecimento: Uma jornada para dentro de si

Dra. Bernadete Nonnenmacher

Aqui eu te ajudo a transformar a saúde do corpo, mente e criar uma nova realidade para uma vida mais leve! Você sabia que tudo o que você come, diz, faz, vê e sente afeta o seu equilíbrio?E muitas vezes é difícil lidar com tudo isso se mantendo saudável, positivo, com paz interior e feliz.Semanalmente eu escrevo aqui textos especiais para te auxiliar nessa missão de mudar as suas percepções para ter mais equilíbrio e assim bem-estar!
Fechar Menu
×

Carrinho

Open chat
1
Olá! 👋 Se tiver alguma dúvida, é só me chamar☺
Powered by